A Seeger Precision Parts LTD aumenta a fasquia na precisão repetível

Tarefa:
Produzir uma vasta gama de peças torneadas com precisão para os setores de veículos pesados de mercadorias, veículos de passageiros, veículos comerciais e motociclos. 

Solução:
65 máquinas CNC automáticas Star Micronics e 27 máquinas Miyano compõem atualmente o inventário de máquinas. Para máxima flexibilidade, cada máquina está equipada com o reputado CNC da FANUC. Este controlo oferece uma fácil compatibilidade com tecnologias anteriores e as funções inteligentes necessárias para executar uma série de trabalhos de acordo com padrões extremamente elevados.

Resultado:
Atualmente, a Seeger efetua 18 turnos por semana. São produzidas diariamente cerca de 150.000 peças torneadas. Apesar destes números de produção elevados, todos os produtos da Seeger apresentam níveis extremamente elevados de precisão repetível.


Desde choppers a veículos pesados

A Seeger Präzisionsdrehteile GmbH (Seeger Precision Parts Ltd) produz ininterruptamente para a indústria automóvel em máquinas controladas pela FANUC.

As máquinas de torneamento ideais, de acordo com a Seeger GmbH, devem ser resistentes, precisas e rápidas, e estar equipadas com um controlo CNC FANUC. Os técnicos especializados em torneamento de precisão mantiveram-se fiéis a este princípio há já 30 anos, em todas as 92 máquinas localizadas nas respetivas instalações. Incluem-se 65 máquinas de torneamento automáticas longas e 27 máquinas de torneamento automáticas curtas, além de várias peças torneadas para o setor automóvel de veículos pesados e de passageiros, que operam um produto que eles próprios desenvolveram: Apoios de pé dianteiros para motociclos.

Chegar à produção de kits de apoios de pé para motociclos é algo que apenas um apaixonado pelo motociclismo faria, alguém que apanhou o "vírus chopper" ao ver um clássico do cinema, Easy Rider. O nome "chopper" representa motociclos modificados com apoios de pé dianteiros, forquilhas de roda longas à frente e guiadores elevados, permitindo a posição sentada a direito ao cruzar as estradas nacionais. Em simultâneo, Wilhelm Seeger reconheceu o potencial da empresa no surto de choppers. Foi por este motivo que criou uma empresa, em 1981, com o seu nome, para produzir os referidos kits de apoios para os pés. No início dos anos 80, havia muito poucos choppers disponíveis para compra – nem da Honda, nem da Yamaha, nem da Suzuki, nem da Kawasaki, nem mesmo da Harley-Davidson. Pelo que os aficionados dos motociclos tinham de arregaçar as mangas e modificar os modelos padrão.

Wilhelm Seeger tem boas memórias dessa época: "Para praticamente todos os motociclos padrão, desenvolvemos kits com apoios para pés que podem ser movidos 50 cm para cima ou mais. Até hoje, os consumidores e distribuidores podem encomendar-nos estes produtos com certificação TÜV, ou seja, legais. O melhor período destes produtos tendência decorreu entre 1985 e 1995. Nessa altura, Seeger ganhou aproximadamente um milhão de marcos com as vendas anuais, com cinco funcionários a tempo inteiro. No entanto, para Wilhelm Seeger, tratava-se, na verdade, de um trabalho em part-time. Como diretor de produção de uma grande empresa, permaneceu leal a este cargo até ao final de 2005. Só, nessa altura, dedicou todos os seus esforços à sua própria empresa.

A produtividade é a principal prioridade

A empresa de Seeger continuou a expandir-se ao longo dos anos. Inicialmente, Seeger também aceitou tarefas de torneamento, funcionando como unidade de produção alargada de várias empresas. Quando a entidade patronal de Wilhelm Seeger decidiu, nos anos 80, subcontratar as peças torneadas de 3 mm a 40 mm, por motivos relacionados com o custo, seguiram-se as encomendas das primeiras séries. Seeger realça: "Tivemos de enfrentar a concorrência e o negócio não nos foi adjudicado devido às minhas relações, mas graças à qualidade e ao preço competitivo que oferecemos." Atribuiu a viabilidade da proposta a este último, em resultado dos custos administrativos mínimos, que ainda hoje representam uma grande prioridade na Seeger Präzisionsdrehteile GmbH (Seeger Precision Parts Ltd). De 85 funcionários, apenas 1,5 pessoas pertencem à administração, as restantes trabalham na área de produção.

Graças à boa relação custo-benefício que Seeger conseguiu propor, as encomendas aumentaram. Além disso, com essas encomendas, os técnicos especializados em torneamento de precisão de Salem, uma cidade do Lago de Constança, investiram sempre na máquina certa. Wilhelm Seeger explica a sua estratégia: "Calculávamos cada encomenda individual e enviávamos um orçamento. Após a adjudicação do negócio, encomendávamos a máquina que nos permitia produzir a peça de forma mais económica."

A curva convencional e os tornos de porta-ferramentas permaneceram nas instalações de produção, no âmbito das encomendas de implementação iniciais dos apoios para pés. Em 1989, Wilhelm Seeger encomendou a sua primeira máquina CNC – com controlo FANUC. Uma decisão muito bem ponderada, uma vez que conhecia todos os fornecedores de CNC no âmbito do seu cargo principal. Os seus motivos foram os seguintes: já nessa altura, os controlos FANUC eram considerados pela máxima fiabilidade e facilidade de operação – que também ficaram comprovadas ao longo dos anos na Seeger Präzisionsdrehteile GmbH (Seeger Precision Parts Ltd).

Consistência em máquinas e controlos CNC

Atualmente, o inventário de máquinas de Seeger é constituído por 92 máquinas, incluindo 65 máquinas de torneamento automáticas Star Micronics e 27 máquinas Miyano. Todas estão equipadas com controlos CNC do líder japonês do mercado mundial. "Por bons motivos", explica Moritz Seeger. Em colaboração com o seu irmão, Manfred, recebeu o controlo da empresa do seu pai em 2010 e, desde essa altura, é o responsável pelo departamento CNC. "Os controlos FANUC apresentam um nível de disponibilidade incrivelmente elevado. Nunca ocorreu qualquer período de inatividade de qualquer máquina devido a problemas relacionados com o CNC. Inclusivamente é raro um ecrã ficar avariado." A continuidade é uma capacidade adicional dos controlos FANUC. Entre todos os avanços da tecnologia de controlo, qualquer operador que tenha trabalhado previamente com um controlo FANUC sabe, de imediato, onde encontrar um menu específico, inclusivamente num novo modelo. Deste modo, pode concentrar-se, de imediato, nas inovações específicas das máquinas.

A consistência no lado do controlador apresenta naturalmente vantagens adicionais que se manifestam, acima de tudo, nas rotinas de trabalho. Quase todos os trabalhadores podem operar todas as máquinas, o que está em conformidade com a filosofia da empresa de Wilhelm Seeger. Como salienta: "Por exemplo, se um trabalhador estiver ausente por motivos de doença, podemos prontamente dividir o trabalho por outros funcionários. Além disso, a operação do CNC da FANUC é fácil – outra vantagem que Seeger refere: "Tendo em conta a falta de técnicos qualificados, valorizamos imenso uma operação simples da máquina e a elevada fiabilidade. Se for necessário um técnico especializado para cada controlo, cria-se uma dependência, que não pretendo ter." Embora a empresa disponibilize formação para trabalhadores qualificados, normalmente apenas estão disponíveis técnicos semi-especializados para o 2º e 3º turnos. Estão satisfeitos por poderem operar o CNC e a máquina sem sessões de formação exaustivas.

Peças torneadas com precisão para a indústria automóvel e outros setores

Atualmente a Seeger Präzisionsdrehteile GmbH (Seeger Precision Parts Ltd) realiza 18 turnos por semana. São produzidas diariamente cerca de 150.000 peças torneadas. Na maquinação de barras, os diâmetros das peças situam-se entre 3 mm e 40 mm. Atualmente, o mercado de motociclos já não desempenha praticamente qualquer papel. Os apoios para pés agora contribuem apenas com um por cento das vendas globais. Grande parte das peças, cerca de 50%, corresponde à indústria de veículos comerciais e outros 20% à indústria de veículos de passageiros. A percentagem restante diz respeito à maquinação em geral, equipamento médico e outros setores.

Uma especialidade destes técnicos especializados em torneamento com precisão é, por exemplo, as peças individuais para eletroímanes utilizados nos controlos de caixa de engrenagem e nos sistemas hidráulicos de direção e de frenagem. O próprio material requer experiência em produção especializada, tendo em conta que são utilizadas ligas em aço inoxidável, ainda que magnéticas. É neste contexto, que muitos anos de experiência no âmbito da seleção de maquinação e de rotinas de maquinação, taxas revs e de fornecimento, compensam. Acima de tudo, o produto final disponibilizado por Seeger tem de situar-se dentro de um intervalo de tolerância de 10 a 20 µm. Um nível de precisão validado e documentado a 100% por clientes exigentes da indústria automóvel.

Qualidade a 100%

"As nossas máquinas, Star ou Miyano, mantêm uma precisão de 1/100 mm", refere Moritz Seeger. "No entanto, não podemos eliminar todas as influências que geram imprecisões. É, por isso, que o controlo da qualidade é uma grande prioridade para nós." Seeger configurou a sua própria área de testes em que cada componente é medido. São repartidos cinco funcionários nas várias estações de medição automáticas, algumas das quais representam desenvolvimentos proprietários. Estão equipadas com um robô de testes que recolhe as peças da palete e segura-as sob o sistema de imagem de alta precisão que decide se uma peça está ou não em condições. Após cada resultado, o robô coloca o objeto de teste novamente na palete e rejeita-o se as dimensões não corresponderem às especificações.

No entanto, a rejeição ocorre muito raramente, uma vez que Seeger pode confiar nos seus funcionários e máquinas. As combinações Star/FANUC e Miyano/FANUC representam nomeadamente equipas bem coordenadas, que funcionam com fiabilidade e apoiam os funcionários disponibilizando funções úteis. Estas são essencialmente macros que asseguram rotinas de maquinação precisas. Por exemplo, pode ser ativado um contador de peças para sinalizar quando as placas de corte da ferramenta devem ser substituídas.

Os parâmetros de ferramentas têm de ser constantemente corrigidos devido ao desgaste. Este é o caso, se o operador da máquina detetar, ao medir as peças de trabalho, que o diâmetro se está a aproximar do tamanho de tolerância máximo. Para a correção, apenas tem de premir um botão de deslocamento especial no controlo da FANUC e será direcionado para o ecrã apropriado – sem passar por várias páginas de menus. "Este botão encontra-se na mesma localização em todos os controlos FANUC", confirma Moritz Seeger, "inclusivamente fora das gerações de controlo. E para nós é uma tremenda vantagem que os CNCs da FANUC tenham uma compatibilidade a montante consistente." Regra geral, significa que um programa gravado para um modelo de controlo mais antigo também poderá ser executado pelos controlos de geração mais recente. Moritz Seeger apresenta um exemplo: "Lançámos um programa de uma máquina Star Micronics de 2001, numa nova máquina Star, criada em 2011. Foi executado sem qualquer modificação. Testemunhámos esta compatibilidade em todas as máquinas Star modelos SR-20, SR-32 e SA-16 equipados com os controlos FANUC da série 16i, 18i e 32i."

Seeger Präzisionsdrehteile GmbH (Seeger Precision Parts Ltd), Salem/Neufrach, Alemanha, ...

... é um fabricante contratado de peças torneadas com precisão, que serve principalmente a indústria de fornecimento de veículos comerciais e de veículos de passageiros. Os volumes de unidade padrão vão desde uma pré-série inicial de 1000 unidades até tamanhos de lote anuais de vários milhões. As peças são entregues prontas para instalar e já pré-montadas, quando necessário. Uma inspeção a 100% garante a qualidade exigida. Em 2010, a Seeger Präzisionsdrehteile GmbH tinha 85 funcionários e obtinha receitas no valor de 10,5 milhões de euros. Em 2011, estavam previstas receitas no valor de 12 milhões de euros.