A Seal Maker cria uma solução dedicada para plásticos utilizando os CNCs da FANUC  

Tarefa:
Insatisfeito com a utilização de máquinas originalmente concebidas para metalurgia, o fabricante de vedantes especializado Seal Maker decidiu desenvolver a sua própria máquina.

Solução:
Trabalhando em estreita colaboração com a FANUC, um parceiro de longa data, a Seal Maker desenvolveu uma máquina concebida especificamente para o processamento de plásticos. No seu coração reside um controlo CNC série 0i-TD da FANUC. Dada a construção leve e as forças mais reduzidas envolvidas na maquinação de plásticos, são também utilizados motores de acionamento FANUC mais pequenos e eficientes nas máquinas.

Resultado:
Na MDA India 2009, a Seal Maker apresentou a SML 500e. Desde então, já foram construídas mais de 120 máquinas. Expandindo ainda mais a sua gama, a Seal Maker utiliza igualmente o controlo série 0i-TF da FANUC em máquinas posteriores. Com uma ampla oferta de opções e funcionalidades adicionais, os CNCs da FANUC proporcionam uma enorme flexibilidade aos fabricantes na maquinação de plásticos.


O caminho rápido e flexível para o vedante certo

O Seal Maker apresenta uma máquina de torneamento feita à medida, recentemente concebida, para a produção de vedantes

Os vedantes usinados não só são necessários para tarefas de reparação e manutenção, como também estão a adquirir importância entre os fornecedores dos fabricantes de equipamento original. Esta crescente adesão é viabilizada pelos sistemas de produção em que o software e a máquina de torneamento correspondem de forma ideal aos materiais e oferecem uma solução económica. Respeitando integralmente estas condições, está disponível a máquina SML 500e, desenvolvida pelo Seal Maker e equipada com a tecnologia CNC e de sistemas de acionamento FANUC.

A tecnologia de vedação é extremamente diversificada. O mercado é constituído pelas formas e materiais mais diversificados, juntamente com tamanhos unitários variando entre um e vários milhões. De igual modo, os processos de produção são muito diversificados. Além da tradicional produção de vedantes baseados na moldagem por injeção, os fabricantes utilizam cada vez mais sistemas que envolvem a maquinação e a utilização da tecnologia de torneamento.

A Seal Maker GmbH, sedeada na cidade austríaca de Pöttelsdorf especializou-se no desenvolvimento, produção e venda de barras curtas e tubos, bem como de sistemas de máquinas para o respetivo acabamento. Johann Glocknitzer, diretor executivo e proprietário da Seal Maker, explica: "Ao contrário do que acontece com a produção de vedantes tradicional através da moldagem por injeção, o nosso sistema oferece uma produção eficiente de tamanhos unitários de pequena a média dimensão. A produção de dimensões e de perfis especiais também é possível através da utilização do método de maquinação."

A fórmula de sucesso da Seal Makers é: "Material semi-acabado + torno = vedante". Deste modo, a gama de produtos atual inclui mais de 30 materiais diferentes, que – disponibilizados como produtos semi-acabados – e abrange cerca de 55% das vendas. Outro pilar do sistema global são as máquinas de processamento que, entretanto, contribuem para cerca de 25% das vendas da Seal Maker. Os restantes 20% abrangem a produção própria de vedantes por parte da empresa, que tem como finalidade funcionar "exclusivamente como reserva para clientes que já estejam a fornecer produtos semi-acabados e máquinas nossas", informa Johann Glocknitzer. Afinal, sob circunstância alguma, considera a respetiva empresa um fornecedor de vedantes, mas sim um fornecedor de serviços para a indústria de vedantes. Para Johann Glocknitzer, a produção faz parte dos serviços e tem grande prioridade: "Muitos dos nossos clientes operam apenas máquinas mais pequenas ou a respetiva capacidade de produção não é suficiente. Pretendemos avançar e produzir não só dimensões maiores para os nossos clientes, como também tamanhos unitários de maior dimensão."

A experiência adquirida com este serviço beneficia a empresa em dois aspetos. Em primeiro lugar, consolida a lealdade do cliente e, em segundo, permite o desenvolvimento de uma experiência incalculável a partir do serviço que pode agora fluir no sentido da engenharia de software e de máquinas. Até recentemente, a gama de máquinas da Seal Maker era constituída por seis modelos com vários tamanhos e equipamento, com capacidade para produção de vedantes com diâmetro exterior máximo até 720 mm. A Seal Maker modifica estes tornos fornecidos por fabricantes terceiros, em função de requisitos próprios especiais na produção de vedantes e também os equipa com o seu próprio software SML, ferramentas, suportes, sistema de sucção, bem como um triturador de aparas. A empresa também disponibiliza a manutenção e a reparação destas máquinas SML, bem como formação prática.

No entanto, Johann Glocknitzer continuava sem estar satisfeito com estas máquinas. Tal devia-se aos tornos originalmente concebidos para a metalurgia com dimensões relativamente excessivas para a produção de vedantes. É, por este motivo, que o departamento de desenvolvimento de CNCs da Seal Maker começou a pensar no seu "próprio" sistema de produção, especialmente concebido para o processamento de plásticos. Foi, não só a necessidade de otimização técnica, como também a solicitação de máquinas mais económicas que, por fim, permitiu transformar esta ideia num projeto concreto. Resultado: Na feira MDA Índia 2009, a Seal Maker apresentou a máquina SML 500e, o primeiro modelo da sua própria série de máquinas, incorporando toda a experiência dos anos recentes. Atualmente, foram construídas e instaladas com êxito no mercado mais de 120 máquinas deste modelo.

Enquanto parceiro do ponto de vista do controlo e do sistema de acionamento, a FANUC, especialista em CNCs, manteve-se pronta para auxiliar os programadores. Desde a compra do seu primeiro torno CNC, que a Seal Maker tem estado a trabalhar com a FANUC. A referida máquina foi equipada com um controlo FANUC e utilizada como base de programação do próprio software da empresa. As máquinas adquiridas subsequentemente também foram equipadas com um CNC FANUC. Nos anos entre 2004 e 2007, a Seal Maker também incluiu outros controlos nas máquinas, a pedido do cliente mas Johann Glocknitzer não ficou satisfeito com esta situação. Como salienta: "Basicamente funcionou, no entanto, os utilizadores tiveram de aceitar deficiências relacionadas com a facilidade de operação e acessibilidade da apresentação global dos programas. Além disso, verificaram-se problemas no serviço local. Neste âmbito, como especialistas no domínio da tecnologia de vedação, contamos com o suporte dos fabricantes de controlo. A FANUC disponibiliza um excelente suporte, pelo que, entretanto, equipámos os nossos sistemas exclusivamente com a FANUC.

Atualmente, na máquina SML 500e, está incluído um controlo CNC FANUC da série 0i-TD que, em breve, será substituído pela série 0i-TF. Como a máquina SML 500e foi concebida com construção leve – logo, ideal para as forças mais reduzidas envolvidas na maquinação de plásticos – foi possível utilizar servomotores mais pequenos e mais eficientes. O fuso principal da SML 500e é acionado por um motor de 3,7 kW (S1)/5,5 kW (S2) e, deste modo, torna-se significativamente mais eficaz energeticamente em comparação com máquinas comparáveis e respetivos valores típicos de 11 kW (S1)/15 kW (S2) (11/15kW). Os eixos X e Z são acionados por motores de 1 kW.

Na fase de programação, também foi tida em consideração a garantia de que a precisão da máquina deveria estar em conformidade com a tecnologia de ponta. Com um sistema de orientação de alta precisão, é garantida uma precisão milimétrica, também validada em cada máquina que utiliza um dispositivo de medição especial.

Um sistema SML completo também inclui um software CAD/CAM desenvolvido pela Seal Maker, instalado no PC e fornecido com o sistema. O utilizador pode selecionar um dos mais de 200 vedantes padronizados aí fornecidos. Em segundos, o software gera totalmente e de forma automática o programa CNC, incluindo a seleção de ferramentas. Em simultâneo, são geradas várias folhas de dados, bem como recomendações de tolerância, para criar um vedante tecnicamente sem falhas. É, deste modo, garantida uma vantagem em termos de tempo de configuração da máquina, uma vez que a programação da máquina deixa de ser necessária.

Além dos perfis padrão do software da Seal Maker, que podem ser adaptados individualmente, os fabricantes de vedantes também podem utilizar a interface opcional de programação de workshops, Manual Guide i da FANUC. Oferece a oportunidade de programar rápida e facilmente os perfis de programação especiais da máquina. Para o modelo de controlo atual 0i-TD na SML 500e, a função de segurança, Dual Check Safety, também está a ser utilizada. Esta função de segurança está em conformidade com as atuais normas de segurança internacionais e monitoriza áreas da máquina críticas ao nível da segurança. Como resultado obtém-se maior segurança para o operador e para a máquina.

Johann Glocknitzer está convencido de que encontrou o parceiro certo para a tecnologia de controlo e de sistemas de acionamento na FANUC. Glocknitzer realça: "Já trabalhamos com êxito com a FANUC há vários anos e estamos seguros da elevada fiabilidade e qualidade de produto dos controlos CNC." Durante as fases de desenvolvimento dos nossos sistemas de máquinas, os competentes responsáveis pelas máquinas FANUC mantiveram-se prontos para prestar assistência à nossa equipa através de orientação e recursos, pelo que continuaremos a trabalhar com grande proximidade no futuro."
A gama de máquinas foi ampliada com a inclusão de 2 máquinas adicionais nos últimos anos. No âmbito do segmento de vedantes de grande dimensão, foram construídos tornos com transportador, permitindo a produção de vedantes até ø 1850 mm. Além disso, foram realizados desenvolvimentos, no campo das ferramentas acionadas (eixo C completo) e na área da automação. Sempre em colaboração com a FANUC, permitindo a criação de opções para as nossas máquinas, que representam uma mais-valia significativa para os clientes.

CNC padrão de elevado desempenho

O controlo CNC 0i-Model D é conhecido pela facilidade de operação e funções adicionais anteriormente reservadas ao segmento de controlo topo de gama. Além disso, todos os controlos 0i-Model D estão equipados com Ethernet incorporada e, deste modo, preparados idealmente para a comunicação em rede com sistemas baseados no PC. Como função adicional, os controlos contêm uma ranhura PCMCIA para um cartão de memória flash. Existem vantagens adicionais resultantes da utilização da função de segurança integrada, Dual Check Safety. Está em conformidade com as atuais normas de segurança internacionais e monitoriza áreas da máquina críticas ao nível da segurança. Uma vantagem adicional é fornecida pelo manual de software do operador FANUC Manual Guide i, pois combina dois métodos de programação numa única aplicação de software. Consoante as necessidades e requisitos, o operador pode optar entre a programação interativa e a programação ISO DIN tradicional. Os programas já existentes também podem ser utilizados no futuro e, inclusivamente, ser otimizados. A Program Transfer Tool da FANUC também está disponível, trata-se de uma aplicação de software para PC para gestão de sub-rotinas e correções de ferramentas. A troca de dados com o CNC é processada através de uma ligação Ethernet.

Êxito a nível mundial

A Seal Maker é um fabricante ativo a nível mundial de produtos semi-acabados, tornos CNC e vedantes de alta qualidade, utilizados em todos os setores da indústria. Desde que foi criada em 1997, a Seal Maker tem tido um excecionalmente bem-sucedido trajeto ascendente e atualmente possui um leque de clientes satisfeitos que inclui empresas sedeadas em mais de 60 países, em todos os continentes. Além da qualidade garantida dos produtos fabricados, os pontos fortes específicos da Seal Maker assentam no serviço, flexibilidade na produção de soluções personalizadas, tempos de entrega reduzidos, bem como na fiabilidade do processamento de encomendas. Atualmente, a empresa emprega cerca de 100 funcionários na sua sede em Pöttelsdorf (Burgenland/Áustria), que gerou vendas no valor de 14 milhões de Euros em 2014. As filiais do Grupo na Áustria são responsáveis pelos mercados regionais na Áustria (Kapfenberg e Linz) e em Singapura no Sudeste Asiático.