A FANUC ajuda a desenvolver um protótipo de célula para novos e revolucionários tanques de pressão

Tarefa: Para co-desenvolver uma célula de produção avançada para o fabrico de tanques de pressão de composto para reter gás natural comprimido, o integrador de sistemas sueco RobotCenter Norr AB estava à procura de um parceiro. O candidato tinha de possuir muitos conhecimentos, bons produtos e ser capaz de uma forte colaboração em que todos confiam uns nos outros a 100%.

Solução: Escolher a FANUC. “A FANUC foi uma escolha óbvia para nós”, diz Christer Larsson, CEO da RobotCenter Norr AB. “A FANUC é boa a ouvir e compreender as necessidades dos clientes. Para além de bons produtos, a FANUC tem pessoal altamente qualificado que nos forneceu conhecimentos e formação”.

Resultado: Para a instalação, que requer estabilidade mecânica, movimentos coordenados entre vários robôs e um sistema de controlo de alto desempenho, foram escolhidos robôs FANUC das séries R-2000 e M-900. Resumindo a parceria, Larsson diz “Nos meus 30 anos de empresário por conta própria, nunca trabalhei com um fornecedor tão fiável e inteligente como a FANUC Nordic. Dispor da combinação entre uma boa relação e bons produtos não tem preço.”




A tecnologia FANUC no centro de uma célula de produção composta

A FANUC ajuda a RCN com nova invenção

Em 2014, a RobotCenter Norr AB começou a desenvolver o protótipo de uma unidade de produção individual para o fabrico de tanques de pressão em composto que, com a ajuda da FANUC, irá conduzir a uma inovação no mercado, se tudo correr bem. Agora, um ano depois, a instalação está pronta para produção.

Christer Larsson, CEO e proprietário da RCN AB.

Durante os seus quinze anos na indústria, a RCN em Umeå entregou e instalou soluções completamente automatizadas para empresas médias e grandes no mercado global. Entre estas estão unidades de produção para tanques de pressão que foram inicialmente entregues na Ásia, mas que também conduziram à ideia de fazer uma solução preexistente mais eficiente e automatizada. Para ajudar no projeto, a RCN usou a FANUC Nordic, que forneceu robôs e conhecimentos.

”A FANUC tem uma grande variedade de produtos e por isso tem sido fácil para nós encontrar um robô adequado para cada projeto individual. Por este motivo, vimos uma oportunidade para poder desenvolver o nosso próprio produto e assim o fizemos. Estamos extremamente gratos pelos recursos que a FANUC nos forneceu e pelo facto de termos podido usar a sua marca", diz Christer Larsson, CEO e proprietário da RCN.


Tudo começou quando Kurt Berglund, Professor de Força de Materiais, conheceu Christer Larsson na primeira década de 2000. Kurt trabalhara em desenvolvimento de produtos e produção de tanques de pressão desde os anos 70 e achava que tal poderia ser mais eficiente com a ajuda da experiência da RCN em automação robotizada. Atualmente, quase 10 anos depois, a RCN desenvolveu três instalações para produção de tanques de pressão na Europa e na Ásia.

O Professor Kurt Berglund, perito nesta área, explica melhor o significado que este projeto pode ter para o mercado:

De acordo com as informações de que dispomos, já começara a sua investigação sobre o tema nos anos 70; o que suscitou o seu interesse?


Sempre tive interesse na mecânica de corpos rígidos e deformáveis. O interesse já existia desde que eu era criança. O meu irmão e eu passávamos muito tempo a desenhar e a construir coisas em madeira e metal, por vezes com êxito, outras vezes nem tanto.

Quando fiz o meu trabalho de doutoramento na KTH, o meu supervisor despertou o meu interesse em materiais com uma estrutura interna visível. Os compostos de fibra são um exemplo desse tipo de material. Eu estava fascinado com a possibilidade não só de conceber um produto como aquele, mas também de adaptar o material para o mesmo.

Que significado é que o projeto teve para si do ponto de vista da visão e como poderá vir a afetar o mercado daqui em diante?

Penso que se refere aos tanques CCT (Conformable Composite Tank - Tanques de Composto Conformável). A desvantagem com o CNG (Compressed Natural Gas - Gás Natural Comprimido) é que é preciso entre 3 a 3,5 vezes mais volume de tanque com gás natural/biogás do que com gasolina ou diesel devido à densidade energética inferior do gás em comparação com a gasolina ou diesel líquidos. Obter volumes tão grandes em veículos normais sob a forma de "tubos soldados" não é fácil. Além disso, em aço são pesados. Com outro tipo de tanque, é mais fácil otimizar a utilização do espaço existente no veículo. Penso que isso é fundamental para tentar realmente conseguir uma utilização do gás em grande escala.

Como correu o processo de lançar um produto acabado em conjunto com a RCN?

Colaborei com a RCN durante muito tempo e conhecemo-nos muito bem. Gosto de colaborações de longa duração pois é possível conhecer as forças e fraquezas uns dos outros e não é necessário começar de raiz todas as vezes.

Conseguir conceber e desenvolver uma instalação tão avançada exige muitos conhecimentos, bons produtos e uma excelente colaboração em que todos confiam uns nos outros a 100%. Por isso, a FANUC foi uma escolha óbvia para nós, diz Christer Larsson. A FANUC é boa a ouvir e compreender as necessidades dos clientes. Para além de bons produtos, a FANUC tem pessoal altamente qualificado que nos fornece conhecimentos e formação.

Dennis Librell, Diretor de Vendas na FANUC para a região nórdica, diz que neste projeto foi difícil saber qual o robô que deveriam usar, dado que a solução é tão única. A instalação requer estabilidade mecânica, movimentos coordenados entre vários robôs e um sistema de controlo de alto desempenho. Foram escolhidos robôs da série R-2000 e M-900.

Nos meus 30 anos de empresário por conta própria, nunca trabalhei com um fornecedor tão fiável e inteligente como a FANUC Nordic. Dispor da combinação entre uma boa relação e bons produtos não tem preço, diz Christer Larsson.

A RCN pensa que a procura de tanques de pressão irá aumentar de forma significativa nos próximos anos, não apenas na Europa, mas em todo o mundo. A nova tecnologia de produtos significa que, futuramente, a construção de tanques de pressão será consideravelmente mais económica, o que resultará num produto final mais acessível. A RCN está ansiosa por dar continuidade a esta excelente colaboração, bem como em usar a FANUC em futuros desenvolvimentos do projeto.