A Peka Kroef é uma empresa familiar Holandesa que escolheu robôs FANUC para automatizar a sua linha de montagem de produtos de batata

Tarefa:
A empresa apresenta batatas pré-cozinhadas no mercado em diferentes variações com ervas e molhos, por exemplo, para fazer gratinados. A Peka Kroef tem uma grande quota do mercado de retalho no mercado do Benelux. O Departamento de Serviço Alimentar está ativo por toda a Europa e tem uma parte substancial desse mercado.


Solução:
Os produtos exigiam diferentes regimes no autoclave, e é por isso que uma nova unidade foi construída com oito autoclaves mais pequenos. A carga destes autoclaves é totalmente automatizada, uma vez que vários robôs FANUC trabalham, de forma simultânea, para gerir o encaminhamento complexo dos produtos.


Resultados:
O sistema agora proporciona uma elevada flexibilidade para diversificar a sua oferta de produtos, enquanto os robôs proporcionam poupanças de custos substanciais uma vez que o seu manuseamento, na configuração antiga, exigia cinco operadores em cinco turnos. Para além disso, o sistema contribui para uma localização adequada uma vez que os robôs nunca cometem erros e asseguram que cada produto obtém o autoclave correto.

Fornecimento de procura em turnos de 5 dias, 365 dias por ano e 24 horas por dia

A Peka Kroef é uma empresa familiar Holandesa especializada em produtos de batata frescos. A empresa apresenta batatas pré-cozinhadas no mercado em diferentes variações com ervas e molhos, por exemplo, para fazer gratinados. A Peka Kroef tem uma grande quota do mercado de retalho no mercado do Benelux. O Departamento de Serviço Alimentar está ativo por toda a Europa e tem uma parte substancial desse mercado.

São muitas batatas. A unidade da Peka Kroef localiza-se na rural Odiliapeel, no meio dos campos. “Estamos ativo em toda a cadeia”, explica Frans Habraken, diretor de manutenção e engenharia empresarial. “Fornecemos sementeiras, guiamos os agricultores e temos um produção interna completa, desde a lavagem à pelagem, branqueamento e corte para embalamento.”

Muitos produtos passam por um processo de esterilização após serem embalados em autoclave a 120 °C. Até há pouco tempo, a Peka Kroef tinha o maior autoclave alguma vez construído para a indústria alimentar. O Jumbo 1 do fabricante francês Lagarde conseguia suportar 9 toneladas de produtos de uma vez.

Ações Sincronizadas

No entanto, a Mastodon tem um grande obstáculo. “Os nossos clientes querem mais produtos e diferentes”, afirma Frans Habraken. “Esses produtos também pedem diferentes regimes no autoclave. É por isso que tivemos uma unidade unidade construída com oito autoclaves mais pequenos. A carga deste autoclaves é totalmente automatizada. Dois robôs FANUC retiram os produtos da linha de produção e depois colocam-nos em placas empilháveis. Um sistema de transferência traz as placas para os autoclaves. Depois disso, dois outros robôs removem-nas das placas e colocam-nas na linha de produção.”

A unidade foi construída pela empresa Dinamarquesa Jorgensen Engineering, uma integradora que se especializa neste tipo de aplicações. Os robôs FANUC foram escolhidos através de consulta mútua devido à sua elevada fiabilidade, entre outras coisas. “A instalação funciona 24 horas por dia”, explica Frans Habraken. “É um encaminhamento relativamente complexo que necessita que tenhamos a localização completa do caminho que os produtos tomam. Tudo isso já não se pode fazer manualmente, portanto, se os robôs falharem, toda a produção irá parar. É por isso que escolhemos um fabricante bem conhecido. Tomámos também providências relativamente à manutenção e à disponibilidade de peças suplentes. Se houver uma falha, necessitamos de saber que podemos ser ajudados rapidamente.”

Não é apenas o encaminhamento de produtos que é complexo. Os robôs estão também situados na área de trabalho de cada um e realizam ações agradáveis e sincronizadas onde um robô coloca novas placas que depois são cheios pelo segundo robô com produtos. Os robôs têm ferramentas consideravelmente grandes que foram criadas especificamente pelo integrador para acomodar uma vasta gama de embalamento. Tudo isto torna a aplicação delicada, no entanto, o risco de colisões não é inteiramente excluído.

Contrato de Manutenção Extenso

Pouco tempo depois da montagem da instalação, a Peka Kroef já tinha experienciado a importância de um bom contrato de manutenção. “Na FANUC Benelux temos um contrato de manutenção com manutenção anual e a possibilidade de chamar um técnico 24 horas por dia,” afirmou o diretor de manutenção Roland van den Heuvel. “Pouco depois da montagem, tivemos uma colisão com um dos robôs”. O técnico da FANUC chegou rapidamente ao local. Os nossos colaboradores tinham conseguido encaminhar algumas fotos para que o técnico pudesse trazer imediatamente peças suplentes. Essa abordagem pessoal à manutenção é tão importante quanto a fiabilidade das próprias máquinas”.

A Peka Kroef tem um contrato para manutenção técnica e telefónica com tempo de resposta garantido de menos de 4 horas. Uma equipa de seis pessoas também realizou um seminário de formação de 4 dias quanto à operação dos robôs na FANUC em Mechelen.

“Foi muito interessante e muito instrutivo”, afirma Roland van den Heuvel. “Cada participante trabalha com o seu próprio robô”, portanto não é possível esconder-se. Alguns dias mais tarde tivemos um problema onde um robô estava numa posição onde o programa não conseguia continuar. O operador foi então capaz de tomar o controlo e mover o robô através do eixo para que o programa pudesse continuar. A formação para nós é uma adição importante à manutenção. Se existir um problema em que nos tenhamos que apoiar em pessoas da FANUC, é importante que tenhamos conhecimentos suficientes para conseguirmos entender a operação robótica e analisar o que correu mal. "

Enormes Poupanças de Custos

A unidade tem estado a funcionar desde os finais de 2015. Os robôs trabalham 24 horas por dia a transportar produtos de e para os autoclaves. O sistema proporcionou à Peka Kroef a flexibilidade para continuar a lutar por uma oferta de produto diversificada. Ao mesmo tempo, os robôs proporcionam poupanças de custos substanciais uma vez que o seu manuseamento, na configuração antiga, exigia cinco operadores em cinco turnos. O sistema contribui ainda para uma localização adequada uma vez que os robôs nunca cometem erros e asseguram que cada produto obtém o autoclave correto.