Produtor de waffles introduz robôs de recolha e posicionamento da FANUC na sua linha de embalagem

Tarefa: Automatizar uma linha de embalagem na Biscuiterie Thijs, uma empresa alimentar em Herentals, Bélgica, que produz waffles para supermercados conhecidos como o Aldi, Lidl, Carrefour, Albert Heijn e Jumbo.

Solução: Instalar seis M-2iAs da FANUC equipadas com funcionalidades avançadas, incluindo iRVision, acompanhamento de linha visual, equilíbrio de carga, proteção contra colisões e um codificador de Ethernet, para recolher e posicionar as waffles na linha de embalagem. O número de waffles no tapete de transporte e a sua posição são comunicados aos robôs através de uma câmara e do controlador do robô, e este divide as waffles igualmente entre os robôs. Utilizando a função de recolha dupla da FANUC, cada robô recolhe duas waffles e coloca-as na linha, poupando tempo e aumentando a velocidade de transferência.

Resultado: A linha robotizada é 50% mais rápida do que a linha anterior. Além disso, a qualidade e a higiene meloraram. Também há menos desperdício, pois os operadores humanos tinham tendência para partir as extremidades das waffles, o que não sucede com os robôs.
 



Seis M-2iAs ajudam a embalar waffles vendidas no supermercado

A Biscuiterie Thijs in Herentals produz waffles para supermercados conhecidos como o Aldi, Lidl, Carrefour, Albert Heijn e Jumbo. Em 2013, o produtor de waffles decidiu automatizar a linha de embalagem de uma das suas linhas de produção. A empresa holandesa Greymans Paktech equipou a zona entre a linha de alimentação e a máquina de embalagem com uma fila de seis robôs delta da marca FANUC M-2iA.

Mais rentável e mais higiénico
Geert Smolders, vice-diretor da Biscuiterie Thijs: "Optámos por robôs para evitar o contacto humano. É melhor para as condições de higiene e torna a linha mais rentável. Recebemos cada vez mais encomendas deste tipo de waffle e temos de produzir frequentemente grandes quantidades."

Um aumento na produção de 30 por cento
"Inicialmente, queríamos contratar mais operadores, mas não conseguíamos encontrar o número suficiente no mercado de trabalho. Poucas pessoas pretendem fazer este tipo de trabalho e, por vezes, não conseguem realizar o trabalho de manuseamento porque é intensivo e exige uma grande coordenação. Uma linha robotizada é mais rápida. Antes, conseguíamos embalar 300 waffles por minuto e agora conseguimos embalar 450, o que representa um aumento de 50 por cento."

Máxima qualidade
“Isto melhorou consideravelmente a qualidade das nossas waffles. Criamos menos desperdício pois as extremidades não se partem tão facilmente. As waffles que produzimos nesta linha são redondas e têm uma extremidade irregular. Por isso, ficam presas entre si quando saem da unidade de refrigeração. Os operadores tinham de intervir e as extremidades irregulares e frágeis partiam-se com frequência."

"Quando o FANUC M-2iA foi lançado no mercado, propus imediatamente substituir a antiga linha de embalagem e permitir aos robôs assumir o processo de recolha e posicionamento. O M-2IA é ideal para recolher as waffles e posicionar as mesmas na linha de embalagem."  Johan Greymans, proprietário da Greymans Paktech

Integração de funcionalidades inteligentes
"Os robôs M-2iA funcionam com uma unidade de controlo R-30iB e integram funções como iRVision, acompanhamento de linha visual, equilíbrio de carga, proteção contra colisões e um codificador de Ethernet. As waffles são colocadas aleatoriamente no tapete rolante. Utilizando estas funcionalidades, os robôs recolhem as waffles do tapete rolante e colocam-nas na linha de embalagem. Cada um dos seis robôs recebe assim uma carga igual da capacidade de alimentação. Uma grande vantagem da FANUC é que pode ajustar individualmente cada movimento do robô para criar um movimento fluido."

iRVision: deteção de waffles
"O tapete rolante é composto por duas faixas. Em cada faixa são colocadas quatro waffles lado a lado, dado que são embaladas em duplas. Uma tira separa corretamente as waffles. Assim, as câmaras do sistema iRVision conseguem detetar melhor os contornos de cada waffle. Uma câmara suspensa sobre cada faixa deteta as waffles. Para aumentar ainda mais a precisão, iluminamos o tapete rolante a partir de baixo. A câmara deteta as waffles na perfeição."

As câmaras comandam os robôs
"As câmaras estão ligadas aos controladores dos robôs. Transmitem o número de waffles localizado no tapete e as respetivas posições. Ao mesmo tempo, dividem as waffles entre os robôs. Nós mesmos escrevemos o software para os robôs comunicarem com a linha de embalagem. Cada robô pega em duas waffles e coloca-as na linha. Ao optar pela recolha dupla, poupamos tempo e aumentamos a velocidade de transferência."

Definir a velocidade do robô e do tapete de transporte
"Também enfrentámos um desafio adicional, pois a cadeia de alimentação deveria operar com o fluxo. A última linha de robôs tem menos de um metro para embalar as waffles e colocar as mesmas na linha antes de estas desaparecerem no embalador de fluxo. Com o software da FANUC nas unidades de controlo e iRVision, conseguimos ajustar a velocidade de recolha e posicionamento consoante a velocidade da linha."

Suporte precioso da FANUC

"Estou mais do que satisfeito com a FANUC. O software incluído com as unidades de controlo cobriu 70% do que precisávamos. Os restantes 30% foram programados com a ajuda da FANUC. Desenvolvemos o processo global de recolha e posicionamento da linha de embalagem em conjunto, e o suporte que recebemos foi precioso."

A tecnologia complementa a mecânica

"Tecnicamente, a linha de embalagem está num nível muito superior. As duas câmaras são as únicas técnicas de controlo que é necessário considerar. As outras linhas de embalagem estão equipadas com células fotoelétricas, e devido ao facto de a nova linha envolver menos peças mecânicas, existem menos falhas. Além disso, os operadores conseguem limpar a linha três vezes mais depressa do que anteriormente. Tudo isto significa que há menos tempo de inatividade e, por conseguinte, maior produtividade."


Produtos FANUC utilizados