Objetivo:
Oferecer ao mercado dos óculos, e a todas as empresas que façam processamento a laser em lotes pequenos e de alta qualidade, uma máquina precisa, fiável e “leve” e custos operacionais mais baixos. 

Solução:
A Applyca criou o CUBE, uma ilha para corte com laser de fibra com uma arquitetura modular e uma estrutura compacta (2 500 mm em cada lado), equipada com fonte e controlo laser FANUC.

Resultado:
O CUBE é uma máquina adequada para diferentes aplicações e necessidades, direcionada a um público que queira manter um alto nível de competitividade, sem a necessidade de um investimento proibitivo e sem ocupar espaço vital na oficina.  A presença das soluções FANUC é uma garantia de fiabilidade e oferece à Applyca novas oportunidades de negócios no estrangeiro.

DESCARREGAR PDF

Applyca SRL

Estrategicamente posicionada no coração do nordeste industrial, a Applyca é uma integradora de sistemas capaz de fornecer software de aplicação chave na mão e produtos para as mais variadas necessidades de aplicação, graças a mais de 25 anos de experiência no sector. 
 
A Applyca é também uma empresa que sabe como destacar-se da concorrência e, na verdade, na feira EMO 2015, trouxe “Rob, o pianista”, dois robôs LR Mate 200iD com “mãos” em alumínio programadas para reproduzir melodias. Uma das canções tocadas com o hino nacional de Itália, o Hino de Mameli.

“Programar um robô é uma competência típica de todos os integradores, mas há sempre alguma coisa que faz a diferença”, explica Alfonso Sciarrabone, Gestor de Vendas da Applyca. “No nosso caso, é uma experiência sólida, combinada com uma elevada capacidade de personalização”.

A Applyca criou recentemente o CUBE, uma máquina de corte com fibra de laser de alta precisão que se encontra no topo da sua categoria em termos de precisão, eficiência, fiabilidade e custos de funcionamento reduzidos. “O laser de fibra é muito flexível, fácil de gerir e pode realizar com eficiência vários tipos de processamentos, tas como cortes, marcações, além de oferecer uma integridade e intensidade que falta nos lasers CO2”.

Equipado com um controlo numérico de série 30i-LB e um sistema de laser FANUC de 2 kW, o CUBE também pode ser completado por um robô de serviço integrado FANUC R-2000iC/125 L.

A máquina de corte a laser que faltava

Apresentada pela primeira vez na SamuMetal 2018, o CUBE é a máquina de corte de laser de fibra mais única dentro do género. Tem uma dimensão reduzida, apenas 2 500 x 2 500 x 2 500 mm. No atual panorama de laser atual, dominado por máquinas muito grandes e volumosas, o CUBE é direcionado para essa parte do mercado que quer processar com laser, mas que não tem muito espaço na oficina, ou requisitos particularmente complexos, tornando-a sensível ao investimento exigido.

Adicionalmente, a sua dimensão permite que seja transportada em contentores padrão de 6 a 12 metros, uma qualidade admirável na gestão de transporte, que também abre novas oportunidades para a Applyca, incluindo no estrangeiro.

Em linha com a tecnologia mais moderna da indústria aeronáutica, o CUBE é feito de alumínio, com uma estrutura muito leve (6 000 kg), que garante dinamismo e velocidade de execução. 

O sistema de controlo e laser da FANUC assegura fiabilidade total para as soluções da empresa japonesa, em combinação com a vantagem de uma assistência global atempada e qualificada. "Sem esquecer que o nome FANUC para uma empresa pequena como a nossa, abre portas que seriam , noutras circunstâncias, de acesso muito difícil, especialmente no estrangeiro", destaca Sciarrabone, da Applyca.
 
Outra peculiaridade do CUBE é o facto de ser uma máquina de laser com uma arquitetura modular; noutras palavras, é possível combinar módulos ad hoc com o núcleo da máquina para lhe dar uma dimensão superior, conforme a configuração exigida pelos clientes. A vantagem óbvia é que oferece ao mercado uma máquina pequena, leve e versátil, capaz de crescer com as necessidades específicas do projeto.

Os módulos podem então ser servidos por sistemas de carregamento automático, ou células robóticas capazes de separar o produto acabado dos resíduos.

Alguns dos nossos clientes fazem cruzamentos para autoestradas ou pontes sobre rios e precisam de cortar peças com 30-40 metros de comprimento, todas iguais”. Por outro lado, temos outros que fazem lâminas de serra circular para cortar madeira. Com o CUBE, a Applyca oferece ao mercado uma máquina de laser que funciona bem para pequenas oficinas, e que funciona com folhas pequenas, e para empresas acostumadas a gerir peças maiores”.

O CUBE também permite à empresa friulana entrar no mercado dos óculos, historicamente situado na região de Belluno. 

As empresas locais que gravitam em torno do mundo dos óculos costumam ser pequenos negócios artesanais capazes de criar um produto da mais alta qualidade. A tendência do sector é para cortar a laser têmporas e armações para obter pormenores de design e usar materiais resistentes e leves como titânio. Também devem lembrar-se de que este tipo de processamento é muitas vezes personalizado, trabalhando com pequenos lotes”.

Como resultado, é claro que tais negócios precisem de se equipar com máquina de laser para se manterem competitivos, sem perturbar o orçamento das oficinas, e sem ocupar espaço vital durante a produção. As vantagens do CUBE incluem a máxima versatilidade, combinada com uma estrutura extremamente compacta. A presença das soluções FANUC a bordo oferece um extra, pois é feita a indexação das atividades relacionadas com a velocidade e qualidade de corte.
 
O CUBE permite a integração de folhas de 1 500 x 3 000 mm até 220 kg de peso, com a porção excedente a sair da ranhura da máquina e o operador capaz de alimentar o material no modo automático ou manual. A velocidade de corte chega aos 6 m/min., com um gerador de 2 kW FANUC FF2000i-A que mantém uma aceleração 2G durante o corte.

Sistemas de laser FANUC

Existem sete modelos na série de laser de fibra oferecida pela FANUC, com uma potência que vai dos 500 W aos 6 kW. Os controlos de laser de tipo 30/31i-LB são particularmente úteis para aplicações de “corte volante”. O “L” no acrónimo da unidade de controlo, indica que vem equipada com funções específicas para a utilização do laser, funções que otimizam grandemente a eficácia, inteligência e qualidade do processamento em ferramentas de máquinas de corte a laser. A aparência exterior e o interface com o utilizador são idênticos aos de outros controlos CNC FANUC. 

O CN 30i-LB pode controlar até 32 eixos, dos quais 24 são simultâneos. No caso das máquinas de processamento a laser 3D, a operação de 5 eixos pode ser aplicada, o que é ideal para o laser de fibra. A ligação laser não é realizada através do I/O Link, mas sim por meio do FSSB (FANUC Serial Servo Bus), a alta velocidade.

Como o controlo gere o movimento dos eixos e a regulação da potência do laser de forma síncrona, podem ser conseguidas velocidades de corte de alta qualidade com o CNC FANUC. Por exemplo, quando o laser tem de cortar um ângulo, a velocidade de corte e a potência do laser são ajustados em simultâneo, resultando numa qualidade de corte otimizada. Fazer um canto a baixa velocidade também reduz a potência do laser.

“Voando sobre a folha”, o laser pode ser inserido com a máxima precisão no ponto exato predeterminado. Durante o corte, o laser movimenta-se para o ponto esperado com uma precisão em μ. Esta função é chamada de “corte volante”, e requer uma latência mínima entre o sinal e a execução. Isto é possível graças à ligação rápida do Bus FSSB FANUC. Para o controlo do laser, o tempo despendido está dentro do âmbito de μs. Desta forma, são conseguidas velocidades elevadas de corte volante e, ao mesmo tempo, uma alta precisão de posicionamento.

O laser de fibra FANUC pera com 1,070 μm de comprimento de onda. Isto permite que folhas mais finas atinjam velocidades de corte mais elevadas do que com um laser CO2. Outra vantagem do laser de fibra é a sua eficiência e baixo consumo energético.