O especialista suíço em engrenagens Christ & Heiri confia em máquinas de fresagem de engrenagens MZ com controlo FANUC para alcançar a máxima qualidade.

Tarefa: Reequipar uma fábrica com máquinas de fresagem de engrenagens capazes de cumprir os requisitos extremamente elevados da Christ & Heiri e garantir a máxima satisfação dos clientes. As máquinas exigem um controlo fácil de programar e idealmente adequadas a processos sofisticados de maquinação de engrenagens, rodas e parafusos sem-fim.

Solução: Instalar máquinas Monnier + Zahner com controlo FANUC para produzir anualmente dezenas de milhões de rodas, engrenagens e parafusos sem-fim com diâmetros entre 0,5 e 40 mm.

Resultado: As 24 máquinas de fresagem de engrenagens da Monnier + Zahner funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana. A programação é simples graças à utilização crescente pela Monnier + Zahner de controlos FANUC com Panel i para complementar o núcleo CNC. Tal permite à empresa utilizar o seu próprio software baseado em PC para desenvolver uma interface de diálogo única que é operada através de ecrã tátil. Outra função chave que beneficia a produção é a Electronic Gear Box (EGB) da FANUC, que coloca a ferramenta e a peça de trabalho num ângulo preciso com uma relação de transformação altamente precisa.


Alta qualidade graças a funcionários qualificados e a tecnologia moderna de máquinas e controlo

Rodas de engrenagem no seu melhor
Todos os fornecedores do setor automóvel têm de garantir a máxima qualidade dos componentes e a rapidez das entregas. Uma empresa exemplar neste campo é o especialista em engrenagens Christ & Heiri, que garante a máxima satisfação dos clientes graças à sua vasta experiência e a fresadoras de engrenagens controladas pela FANUC da Monnier + Zahner.

A Christ & Heiri AG sedeada em Selzach, perto de Solothurn (Suíça), é uma empresa exemplar, até aos mais ínfimos detalhes. As modernas fresadoras de engrenagens automatizadas estão alinhadas numa fila numa zona de trabalho impecável. As aparas e lubrificantes são eliminados através de um sistema de condutas no teto das instalações e são processados a nível central. O equipamento moderno de medição e inspeção garante que as rodas e os parafusos sem-fim das engrenagens – ou seja, os veios equipados com uma ou mais roscas de parafuso – são entregues em excelentes condições ao cliente. Para o Diretor Executivo, Arno Heiri, a alta qualidade e a entrega rápida são dois elementos chave do sucesso desta empresa: "Temos relações muito estreitas e duradouras com os nossos clientes, a maioria deles do setor relojoeiro e automóvel."

A satisfação dos clientes com a colaboração com a Christ & Heiri foi demonstrada nos últimos anos. Em Junho de 2010, as instalações de produção da empresa arderam por completo. O edifício tinha apenas dezoito meses e estava equipado de acordo com os mais elevados padrões. Foi um golpe devastador para o empresário de 59 anos e para a sua equipa. O facto de Arno Heiri ter conseguido reconstruir a sua fábrica no mesmo local e da mesma forma deveu-se em grande medida aos seus clientes. Estes garantiram-lhe que queriam continuar a trabalhar com a Christ & Heiri. Os funcionários também sentiram responsabilidade em relação ao patrão e empregaram todos os seus esforços para reconstruir a empresa. Um ano depois, o trabalho estava concluído, e atualmente, a produção na nova fábrica com os mesmos funcionários está de novo a funcionar a toda a velocidade.

Rodas de engrenagem de precisão com diâmetros entre 0,5 e 40 mm
"Capacidade total", afirma Arno Heiri. Dezenas de milhões de rodas de engrenagem saem anualmente da linha de produção, desde as mais pequenas peças – por exemplo, rodas com apenas 0,5 mm de diâmetro, mas com oito dentes – até rodas e parafusos sem-fim com 40 mm de diâmetro. Ao passo que as peças mais pequenas se destinam principalmente ao setor da relojoaria, os produtos de maior dimensão destinam-se sobretudo a motores elétricos do setor automóvel. Pois, nos veículos modernos, existem atualmente vários pequenos motores de atuador – para o fecho centralizado, controlo do ar condicionado, vidros elétricos, ajuste dos retrovisores exteriores, tejadilho envidraçado, mecanismo de bloqueio de arranque, ajuste dos bancos e muito mais. Existe também uma proporcionalmente elevada procura de componentes de caixas de velocidades, como rodas e parafusos sem-fim de engrenagens. Consoante o componente, as encomendas na Christ & Heiri variam desde pequenas séries, com um máximo de 1000 peças, até grandes séries de 5-6 milhões de unidades por ano.

Para a Christ & Heiri, cumprir elevados parâmetros de precisão não é um problema. Entre os vinte e cinco funcionários da empresa baseada na tradição – foi fundada há 65 anos – acumulou-se uma vasta experiência. O diretor de produção, Pascal Zimmermann, explica: "A experiência dos nossos funcionários, em combinação com a nossa maquinaria de vanguarda, coloca-nos na posição de conseguir responder aos mais elevados requisitos com fiabilidade dos processos."

Produção num nível sempre elevado
A gestão atribui a maior importância à fiabilidade dos processos. Afinal, 24 fresadoras de engrenagens da Monnier + Zahner funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana. Todas as peças automóveis são produzidas nas fresadoras de engrenagens e parafusos sem-fim MZ120 e MZ 130 e na fresadora de parafusos sem-fim de fuso duplo e elevado desempenho Duplex M644CNC. A Monnier + Zahner AG de Safnern, perto de Biel, Suíça, é da plena confiança de Arno Heiri: "A nossa parceria existe há 10 anos e nunca nos desiludiram. As máquinas MZ com controlo da FANUC são fiáveis e altamente precisas. Quando temos um pedido de assistência, os funcionários aparecem imediatamente. É por isso que a Monnier + Zahner se tornou no principal fornecedor das nossas fresadoras de engrenagens controladas por CNC."

A tradicional empresa suíça foi fundada em 1964 para o fabrico de máquinas para produção de caixas de relógios, especializando-se depois em máquinas para o setor médico e dentário e, desde 1995, tornou-se num dos fabricantes líderes a nível mundial de fresadoras e rosqueamento de engrenagens e parafusos sem-fim. "Começámos a trabalhar com a tecnologia CNC em 1984", explica Roland Wälti, diretor executivo na Monnier + Zahner AG. "Mas desde que entrámos no negócio da fresagem de roscas e parafusos sem-fim, e mais tarde na fresagem de engrenagens, passámos a confiar exclusivamente em controlos CNC – sempre com o nosso parceiro nesta área, a FANUC. Em conjunto, desenvolvemos várias soluções que contribuíram para a nossa posição atual no mercado.

Programação fácil e flexível
O Sr. Zimmermann, diretor de produção, confirma o elevado desempenho, fiabilidade e operação fácil das máquinas MZ. Em particular, sublinha a flexibilidade das fresadoras de engrenagens MZ120 e MZ130, que permitem fresar parafusos sem-fim e rodas de engrenagem. "Isto significa que não estamos totalmente dependentes do fabrico de parafusos sem-fim e que podemos gerir a capacidade das nossas máquinas com maior eficácia. O fornecedor de máquinas Roland Wälti acrescenta: "Na Christ & Heiri, as MZ são utilizadas sobretudo para grandes séries. Contudo, devido à sua versatilidade, também são populares junto de empresas fornecedoras mais pequenas que também necessitam de entregar várias pequenas séries diferentes. Com estas máquinas, também conseguem executar várias operações de fresagem num componente em sequência, alternando inclusivamente com a fresagem cilíndrica e de parafusos sem-fim – sem reposicionar a peça de trabalho nem trocar as cabeças."

A aplicação e programação de todas as máquinas Monnier + Zahner é simples. Tal deve-se à sua interface de fácil utilização desenvolvida pelo fabricante das máquinas. "A FANUC oferece um excelente suporte nesta área", sublinha Martin Wälti, diretor do Departamento de Software na Monnier + Zahner. "No passado, utilizámos o FANUC Macro Executor e a função FANUC Picture para tal. Atualmente, estamos a usar cada vez mais os controlos FANUC que têm um PC industrial FANUC separado (Panel i) para complementar o núcleo CNC. Tal permite-nos utilizar o nosso próprio software baseado em PC para desenvolver uma interface de diálogo muito especial que é operada através de ecrã tátil."

Martin Wälti destaca igualmente uma função chave no controlo FANUC, a "Electronic Gear Box (EGB)", que é instrumental no fabrico de engrenagens. E explica: "Numa operação de corte de engrenagens, a ferramenta e a peça de trabalho, tal como numa caixa de engrenagens, têm de estar colocadas em ângulo com uma relação de transformação altamente precisa. Para este efeito, a FANUC oferece a função EGB integrada, com a qual comunicamos através da nossa interface de diálogo."

Funções de controlo úteis
Adicionalmente, nas máquinas mais recentes, a Monnier + Zahner utiliza a função de segurança integrada da FANUC, Dual Check Safety, que protege o operador e dispensa instalações de segurança mecânicas. Por exemplo, permite uma configuração mais flexível da máquina, pois são permitidos movimentos de eixo lentos que não colocam o operador em perigo quando a porta está aberta.

O especialista em software Martin Wälti congratula-se pela estreita colaboração com os especialistas em controlo da filial suíça da FANUC: "Sempre recebemos suporte rápido e especializado. Tanto para a colocação em funcionamento como para a otimização de eixos, ou até para a seleção do CNC FANUC adequado para as nossas diversas máquinas."

A adaptação de software e parâmetros do controlo específico da máquina não constituiu um problema, mesmo no caso de maquinaria personalizada da qual a Monnier + Zahner AG produziu em parte apenas uma unidade. Martin Wälti atribui esse facto à disposição simples e fácil de compreender do CNC da FANUC. Além disso, destaca a fiabilidade, a manutenção fácil e, acima de tudo, a disponibilidade da assistência a nível mundial da FANUC, "que é particularmente importante para um fabricante de máquinas-ferramentas relativamente pequeno, mas ativo a nível global." Em relação à tecnologia de CNC e acionamento, a Christ & Heiri também está extremamente satisfeita. Afinal, nunca ocorreu nenhum problema com um controlo em todos estes anos.

Monnier + Zahner AG
Em 1964, Eugen Monnier e Robert Zahner fundaram uma empresa no parque industrial Safnern-Moos que, até 1972, se dedicou ao fabrico de máquinas para produção de caixas de relógios. A crise no setor da relojoaria causou um desvio na produção para máquinas de fabrico de implantes médicos. Neste campo, a Monnier + Zahner AG alcançou uma posição de liderança mundial. Outro campo importante são as máquinas de retificação de brocas e alicates dentários, juntamente com máquinas para a produção de parafusos sem-fim e engrenagens para fabricantes de caixas de engrenagens e fornecedores do setor automóvel. Tal inclui também máquinas especiais construídas de acordo com os requisitos dos clientes. Desde 2007, a empresa Lambert-Wahli AG também integra o grupo Monnier + Zahner AG. Atualmente, a equipa é composta por 65 funcionários, incluindo doze estagiários. A Monnier + Zahner produz entre 65 e 100 máquinas por ano.



Produtos FANUC utilizados