A AGI utiliza robôs em células de moldagem por injeção para aumentar a produtividade 

Tarefa: Implementar uma pequena solução robotizada para montar e adicionar inserções numa ampla gama de peças moldadas por injeção híbridas de metal e plástico.

Solução:
Criar uma célula empregando os versáteis robôs FANUC M-1, tanto de forma independente como em combinação com os robôs Cartesianos. Equipados com iRVision, estes conseguem reconhecer e posicionar peças com níveis extremamente elevados de precisão.

Resultado: Um design de célula económico e flexível. Montagem e reconhecimento perfeito de inserções e maior competitividade para os clientes. 



Breve resumo da história da empresa

Empresa familiar que iniciou a atividade na área da importação e exportação no ano de 1915. Consciente da importância da nova tecnologia industrial, logo desde os anos 30, a empresa trouxe para Portugal o que consideramos ser a primeira máquina de moldagem para moldagem por injeção de plástico em Portugal. Deste modo, a empresa iniciou aquela que é a sua principal atividade atualmente, fornecendo toda uma gama de materiais e maquinação para a indústria dos plásticos. Atualmente, na 4ª geração da família, a cultura de dinamismo e inovação é constante, garantindo competitividade para os seus clientes, soluções de integração flexíveis e económicas, como meio de integrar a tecnologia e a inovação dos respetivos fornecedores. A relação com a FANUC iniciou-se em 2006, trazendo, uma vez mais, inovação ao respetivo mercado. Além disso, nessa altura, a presença de injetores elétricos de origem japonesa era praticamente inexistente. Atualmente a empresa opera em Portugal e mais recentemente em Espanha, com o suporte comercial local da sua parceira, a GUZMAN GLOBAL, também uma empresa com fortes tradições na indústria dos plásticos, integrando sempre uma importante componente de inovação e de proximidade do cliente.

Quais as suas responsabilidades na empresa?
Do ponto de vista operacional, sou responsável pelo nosso departamento de maquinação. Tenho de garantir que temos um leque de clientes que nos permite garantir a competitividade que os nossos clientes procuram. Tenho de garantir que o comunicamos ao cliente corretamente. Por fim, disponibilizar aos clientes que nos confiaram a respetiva encomenda, uma equipa dinâmica que lhes fornece, instala e configura o produto e que garante que recebem suporte pós-venda.

Quais os tipos de solução que desenvolveu em conjunto com os produtos FANUC?

O ROBOSHOT foi o nosso primeiro produto FANUC, com o qual obtivemos resultados extraordinários com clientes muito importantes, com elevado grau de exigência. Confirma-se portanto, que estamos no caminho certo. A integração direta da visão no robô permite-nos desenvolver aplicações avançadas, de forma muito simples, com programação otimizada. Na indústria dos plásticos, existe uma crescente produção de peças híbridas de plástico/metal, pelo que os robôs com visão integrada representam uma ferramenta ideal para observar e manusear as inserções.

No que respeita à interação com o pessoal da FANUC Iberia, como a avaliaria?

Muito importante, uma vez que há grande proximidade e permitem-nos desenvolver estas ferramentas de forma rápida e eficaz. No nosso setor da indústria, estamos familiarizados com o ambiente e com as necessidades dos nossos clientes. A FANUC Iberia ajuda-nos de uma forma eficiente a adaptar as ferramentas aos processos, de modo a obter o que procuramos para os nossos clientes. Outro aspeto importante do suporte é o nível de publicidade e comunicação, em que a FANUC Iberia nos ajuda a transmitir aos nossos clientes o potencial que podem alcançar com os produtos FANUC. É um aspeto muito importante, uma vez que normalmente são os clientes mais informados que obtêm os melhores resultados.

Quais os aspetos que destacaria da FANUC Iberia como empresa, produto e equipa?
A FANUC Iberia compreende de forma clara a importância do integrador para o cliente e o respetivo produto. Num setor como o nosso, os plásticos, tal assume grande importância uma vez obtida rentabilidade, dando atenção a todos os detalhes e executando todos os passos do processo corretamente. Nesta área, somos uma referência no nosso setor. A capacidade e experiência para contactar e rodearmo-nos dos melhores peritos em cada setor é, sem dúvida, um dos pontos fortes da FANUC Iberia.
Enquanto produto, são óbvios os avanços tecnológicos onde predominam as funções de inteligência artificial, que facilitam a obtenção de excelentes resultados, de forma tranquila. A equipa é jovem e dinâmica. Tem um profundo conhecimento dos equipamentos, o que nos ajuda a integrá-los e adaptá-los, na obtenção de desempenho ou na adaptação às normas, em grande número no nosso setor.